Rússia recruta australiano campeão mundial para equipe de ciclismo de Tóquio-2020

A Rússia está trabalhando para recrutar o australiano Shane Perkins, dono de dois títulos mundiais, com o objetivo de aumentar a perspectiva de conquista de medalhas nos Jogos Olímpicos de 2020. Perkins disse nesta quarta-feira em um comunicado no Facebook que "agora correrá pela Rússia" e publicou uma foto em que aparece com o uniforme da equipe russa.

Estadao Conteudo

15 Fevereiro 2017 | 10h26

"A Federação Russa de Ciclismo me deu mais uma oportunidade de perseguir o sonho de participar da Olimpíada em Tóquio-2020, o que tem um significado especial para mim porque meu pai (Darryl Perkins) correu nos Jogos Olímpicos em Tóquio-1964", acrescentou.

Perkins disse que o movimento teve o apoio dos dirigentes do ciclismo australiano. No entanto, a Rússia declarou que a mudança ainda não está completa. O secretário-geral da Federação Russa de Ciclsimo, Yuri Kucheryavy, afirmou à agência de notícias russa R-Sport que Perkins esteve treinando com a equipe da Rússia recentemente e "estamos interessados nele para a equipe de velocidade, onde precisamos de uma terceira pessoa", assim como para o keirin. "Ainda precisamos resolver tudo oficialmente", acrescentou Kucheryavy.

Em Mundiais de Ciclismo de Pista, Perkins conquistou duas medalhas de ouro, na disputa por equipes de velocidade em 2012, e no keirin em 2011. Além disso, foi bronze na Olimpíada de Londres, em 2012, na prova de velocidade. Porém, ficou fora dos Jogos do Rio, no ano passado.

Mais conteúdo sobre:
ciclismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.