Gero Breloer/AP
Gero Breloer/AP

Russo erra menos e leva ouro no salto em altura em Berlim

Yaroslav Rybakov brilha no Mundial de Atletismo e termina na frente do cipriota Kyriakos

EFE,

21 de agosto de 2009 | 18h34

O russo Yaroslav Rybakov conquistou nesta sexta-feira o título do salto em altura no Mundial de atletismo de Berlim com a marca de 2,32 metros, a mesma do cipriota Kyriakos Ioannou, do polonês Sylwester Bednarek e do alemão Raul Spank.

 

Veja também:

especial MUNDIAL - Leia todas as notícias do torneio

forum QUIZ - Participe do teste sobre o Mundial

tabela CALENDÁRIO - Todos os eventos e horários

 

Entretanto, como errou menos saltos, Rybakov levou o ouro em uma final na qual os atletas cometeram muitas falhas e que foi disputada com uma hora de atraso devido à chuva que chegou a interromper as atividades no Estádio Olímpico de Berlim.

 

Ioannou ficou com a medalha de prata, enquanto Bednarek e Spank ficaram empatados com o bronze. O atual campeão olímpico, o russo Andrey Silnov, não foi à Berlim e o vencedor do salto em altura no último mundial, Donald Thomas, das Bahamas, estava irreconhecível e sequer chegou à final na capital alemã.

 

Três homens lideravam o ranking do ano com 2,35m: o russo Ivan Ukhov, que já saltou 2,40m em pista coberta; seu compatriota Rybakov, que conquistou três medalhas consecutivas em grandes campeonatos (prata nos Mundiais de 2005 e 2007 e bronze olímpico em Pequim); e o americano Andra Mason.

 

Com o atraso no início da competição, os atletas entraram em cena sem o devido aquecimento. Com o sarrafo ainda em 2,28m, apenas Spank, Bednarek, Rybakov e Ioannou avançaram.

 

Os quatro conseguiram superar os 2,32m, mas os erros nas tentativas para ultrapassar a marca de 2,35, insuperável para todos, não mudaram a ordem final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.