S. Silvestre: atletas farão check-up

Os atletas que disputarão a 77ª edição da São Silvestre farão uma avaliação de suas condições cardiológicas antes da prova. Este ano, os inscritos serão submetidos a um exame de eletrocardiograma, gratuitamente. Segundo os organizadores, é a primeira vez que uma grande corrida oferece um check-up para os participantes. O exame será feito no ato da inscrição, na Fundação Cásper Líbero.O trabalho é resultado de uma parceria entre a Academia Pró-Heart do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, a Cásper Líbero e a Federação Paulista de Atletismo. Para os exames serão usados dez computadores e mini-holters, que avaliarão os batimentos cardíacos. Os aparelhos poderão fazer uma média de 1.000 atendimentos por dia. Segundo Ricardo Kortas, diretor do Pró Heart, essa é uma medida importante para a segurança dos atletas. O usual nesse tipo de competição é o participante apenas assinar um termo de responsabilidade, para o caso de apresentar algum problema durante a corrida. O eletrocardiograma poderá detectar possíveis casos de arritmia que podem até resultar em parada cardíaca. O médico fez um projeto piloto desse tipo de avaliação na Maratona de Revezamento Pão de Açúcar, onde ele detectou vários casos que poderiam ter resultado em problemas nos atletas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.