Sabotagem provoca adiamento em Madri

Problema aconteceu no Estádio de Vallecas, onde atuariam Rayo Vallecano e Real Madrid; jogo deve ser disputado ainda hoje

MADRI, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2012 | 03h07

Sabotagem: foi a conclusão a que as autoridades chegaram para explicar a falta de iluminação no Estádio de Vallecas, em Madri, onde seria realizado o jogo entre Rayo Vallecano e Real Madrid, pela quinta rodada do Campeonato Espanhol. O jogo estava marcado para as 21h30 (16h30 de Brasília) de ontem. Mas, naquele horário, o local estava às escuras, enquanto o público aguardava do lado de fora do estádio a abertura dos portões, ao mesmo tempo em que funcionários tentavam sanar o problema.

Segundo o presidente do Rayo Vallecano, Martin Presa, pessoas não identificadas cortaram cabos das torres de iluminação. E quando se chegou à conclusão de que os reparos levariam tempo demasiado foi tomada a decisão de cancelar a partida.

Em um primeiro momento, surgiu a proposta da transferência do jogo para hoje. Enquanto o dirigente dava entrevistas ao lado do campo, os jogadores faziam um leve treinamento no campo escuro. A preocupação era com a reação do público fora do estádio. "Pedimos a compreensão de todos. Sabemos que vieram aqui torcer por seus ídolos, mas a situação excedeu o controle do clube. Infelizmente, devido a um ato de vandalismo, eles não poderão acompanhar a partida", declarou Presa.

O diretor de futebol do Real Madrid, Miguel Pardeza, queria que o jogo fosse disputado hoje no horário diurno, para evitar qualquer problema com a iluminação. "Temos um calendário apertado e o Rayo Vallecano, obviamente, não", justificou o dirigente. "Não temos nenhuma responsabilidade pelo que aconteceu aqui e temos de defender nossos direitos", acrescentou.

Ao saber da proposta, o presidente do Rayo Vallecano bateu o pé. "Isso é quase impossível", disse ele. "Muitos torcedores do Rayo não poderão comparecer."

Segundo ele, a Federação Espanhola remarcou o jogo para hoje às 20 horas locais (15 horas de Brasília) e seu clube vai fazer de tudo para que o sistema de iluminação esteja em condições normais.

Outros jogos. Com a vitória em casa sobre o Valencia por 2 a 0, o Mallorca alcançou o Málaga na vice-liderança, ambos com 11 pontos, quatro atrás do Barcelona. Os gols foram de Víctor e Arizmendi. O Málaga ficou no 0 a c0m o Athletic, em Bilbao. Já o Atlético de Madrid bateu o Valladolid por 2 a 1 e o atacante colombiano Falcão Garcia, autor de um dos gols, já é o vice-artilheiro do campeonato, com cinco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.