Safin vence Acasuso e Rússia conquista o bi da Copa Davis

A Rússia fechou a série contra a Argentina em 3 a 2 e conquistou pela segunda vez em sua história o título da Copa Davis. Neste domingo, na disputa do quinto e último ponto, o russo Marat Safin, número 26 do mundo, precisou de quase três horas para derrotar José Acasuso, 27.º da ATP, por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6, 6/3 e 7/6 (7/5).De um lado, Safin foi apoiado pelo ex-presidente Boris Yeltsin, enquanto o ex-jogador Diego Maradona ficou encarregado de puxar os demais argentinos para apoiar Acasuso. No entanto, o tenista argentino acabou sendo vítima do forte saque de Safin, que em toda a partida teve 16 aces. Essa foi a segunda vitória de Safin em quatro duelos contra Acasuso.Por sua vez, a Rússia aumentou a sua vantagem em confrontos contra os argentinos pela Davis - agora, são três vitórias contra apenas uma derrota. O último título russo havia sido conquistado em 2002, sobre a França. Já a Argentina buscava o seu primeiro título na competição.No primeiro jogo deste domingo, o argentino David Nalbandian havia derrotado o russo Nikolay Davydenko por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/2, 5/6 e 6/4, e empatado a série em 2 a 2. Ao final do duelo, argentinos e russos se abraçaram no meio da quadra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.