San Diego é escolhida para receber 1ª 'Olimpíada' de esportes de praia

A cidade norte-americana de San Diego, na Califórnia, foi aclamada nesta sexta-feira como sede da primeira edição dos Jogos Mundiais de Praia, evento que promete ser a "Olimpíada" dos esportes disputados em praia, reunindo competições de 20 a 22 modalidades entre 29 de setembro e 9 de outubro de 2017.

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 15h01

Os Jogos Mundiais de Praia eram uma das vitrines da SportAccord, entidade que reunia todos os principais atores do esporte no mundo, mas que perdeu sua força quando, em abril, o presidente Marius Vizer, decidiu bater de frente com o Comitê Olímpico Internacional (COI). Ele acabou isolado politicamente e afundou a SportAccord antes de abandonar o barco.

O evento, que terá sua primeira edição em 2017, caiu no colo da Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais (ANOC), entidade que reúne agora 206 países e que é um braço do COI. Dubai (Emirados Árabes Unidos), Sochi (Rússia), Barcelona (Espanha) e Istambul (Turquia) chegaram a expressar interesse em se candidatar a receber a competição, mas só San Diego se inscreveu.

O projeto da SportAccord era reunir modalidades olímpicas e não olímpicas em eventos segmentados. O pontapé inicial foi a criação dos Jogos Mundiais de Combate, que teve sua primeira edição em 2010 e a segunda em 2013. Em São Petersburgo (Rússia), reuniu 13 modalidades.

Agora, os Jogos Mundiais de Praia prometem incluir até 22 modalidades. Seriam disputados esportes olímpicos como maratona aquática, vela e vôlei de praia, mas também outras que não fazem parte dos programa olímpico, como surfe, mergulho, tênis de praia e handebol de praia.

Separada de Los Angeles por 200 quilômetros, San Diego pode ser forte garota propaganda para a vizinha californiana na busca por sediar os Jogos Olímpicos de 2024. A eleição da cidade-sede da Olimpíada será em setembro de 2017, poucos dias antes do início dos Jogos Mundiais de Praia em San Diego. Um bom trabalho do comitê olímpico dos EUA e dos governos nacional e estadual podem trabalhar a favor de Los Angeles.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Mundiais de PraiaSan Diego

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.