Sánchez não treina e segue como dúvida no Barcelona

O atacante Alexis Sánchez segue como dúvida no Barcelona para a final do Mundial de Clubes, neste domingo, às 8h30 (pelo horário de Brasília), contra o Santos, em Yokohama, no Japão. O jogador chileno não treinou com os companheiros neste sábado e viu crescerem as chances de não participar da aguardada decisão.

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2011 | 11h34

Sánchez seria o substituto de Villa, que já voltou à Espanha para ser submetido a uma cirurgia, mas o chileno deixou o jogo contra o Al Sadd com dores na perna esquerda. Após a análise dos exames a ele que foi submetido, descartou-se a possibilidade de lesão, mas o Barcelona informou que ele sofre com uma sobrecarga no músculo adutor da perna esquerda, o que o colocou como dúvida para domingo.

Neste sábado, o treino do Barcelona foi aberto à imprensa apenas nos seus 15 minutos iniciais e o que se viu neste período foi apenas uma atividade de bobinho. Enquanto isso, Sánchez treinou à parte, fazendo exercícios com um preparador físico. De acordo com a imprensa espanhola, ele treinou à parte durante toda a atividade.

O técnico Pep Guardiola deu entrevista coletiva antes do treino e afirmou que observaria o desempenho do jogador na atividade, mas que aguardaria até horas antes da partida para saber se Sánchez terá condições de começar jogando. Caso o chileno não atue, o seu provável substituto será Pedro.

HOMENAGEM - A Fifa autorizou neste sábado que o Barcelona entre em campo no Yokohama Stadium com uma camisa alusiva ao atacante David Villa, que deixou a competição com uma lesão na tíbia esquerda e viajou para a Espanha, onde será operado. A entidade já havia vetado homenagem parecida a Tito Vilanova, auxiliar de Guardiola, que retirou um tumor na glândula parótida há um mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.