Sánchez não treina e segue como dúvida no Barcelona

O atacante Alexis Sánchez segue como dúvida no Barcelona para a final do Mundial de Clubes, neste domingo, às 8h30 (pelo horário de Brasília), contra o Santos, em Yokohama, no Japão. O jogador chileno não treinou com os companheiros neste sábado e viu crescerem as chances de não participar da aguardada decisão.

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2011 | 11h34

Sánchez seria o substituto de Villa, que já voltou à Espanha para ser submetido a uma cirurgia, mas o chileno deixou o jogo contra o Al Sadd com dores na perna esquerda. Após a análise dos exames a ele que foi submetido, descartou-se a possibilidade de lesão, mas o Barcelona informou que ele sofre com uma sobrecarga no músculo adutor da perna esquerda, o que o colocou como dúvida para domingo.

Neste sábado, o treino do Barcelona foi aberto à imprensa apenas nos seus 15 minutos iniciais e o que se viu neste período foi apenas uma atividade de bobinho. Enquanto isso, Sánchez treinou à parte, fazendo exercícios com um preparador físico. De acordo com a imprensa espanhola, ele treinou à parte durante toda a atividade.

O técnico Pep Guardiola deu entrevista coletiva antes do treino e afirmou que observaria o desempenho do jogador na atividade, mas que aguardaria até horas antes da partida para saber se Sánchez terá condições de começar jogando. Caso o chileno não atue, o seu provável substituto será Pedro.

HOMENAGEM - A Fifa autorizou neste sábado que o Barcelona entre em campo no Yokohama Stadium com uma camisa alusiva ao atacante David Villa, que deixou a competição com uma lesão na tíbia esquerda e viajou para a Espanha, onde será operado. A entidade já havia vetado homenagem parecida a Tito Vilanova, auxiliar de Guardiola, que retirou um tumor na glândula parótida há um mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.