Santos admite negociação com o Barça

O presidente do Santos admitiu ontem pela primeira vez que Neymar está perto do Barcelona. Em entrevista à Rádio Catalunha, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro disse: "Não há nada assinado, mas tenho conversado com Sandro Rosell (presidente do Barça) e neste momento Neymar está mais perto do Barcelona do que do Real Madrid."

Luis Augusto Monaco, O Estado de S.Paulo

07 de setembro de 2011 | 00h00

De uma vez só, Luís Álvaro deixou claro que a negociação é com o Barça e que a vontade do craque é jogar na máquina catalã. Como não poderia deixar de ser, a declaração logo causou impacto em Madri. E ao ser entrevistado pouco depois pelo canal de tevê do diário Marca, o dirigente negou o que havia dito e afirmou que Neymar "ainda ficará muito tempo no Santos".

Mas era tarde demais, porque suas palavras para a rádio de Barcelona estão gravadas. E o site do Marca o tratou com ironia: "Ouça o que o presidente do Santos disse nunca ter dito", era o título de um link que levava para o áudio da entrevista à Rádio Catalunha. A verdade é que o acordo entre Santos e Barcelona está fechado, e a única chance de Neymar não ir para lá é dizer que mudou de ideia e prefere o Real.

O negócio só não foi oficializado ainda por causa de uma nova e desesperada investida do Real Madrid. Florentino Perez mandou dizer ao Santos que cobre a proposta do Barça e, como o rival, aceita deixá-lo na Vila até janeiro de 2013. E, para tentar fazer a cabeça de Neymar, aumentou sua oferta salarial em 20% - de R$ 11,6 milhões por ano para R$ 14 milhões.

OFERTA

14 milhões de reais por ano de salário é a nova proposta do Real Madrid para convencer Neymar a assinar com o clube merengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.