Santos apresenta Felipe Azevedo, a sombra para o atacante Neymar

Os dias de intocável do garoto Neymar estão contados no Santos. Desde ontem à tarde, a joia santista tem concorrência pela vaga de titular: o meia-atacante Felipe Azevedo, de 22 anos, chegou do Paulista de Jundiaí para "fazer sombra". O jogador assinou contrato de empréstimo até 31 de dezembro e chega sob aval de Vágner Mancini."Pelas minhas características, estou mais para parceiro do Kleber Pereira. Não sou atacante de área, jogo pelas pontas, com velocidade, carregando a bola", afirmou, para depois rasgar elogios ao centroavante santistas. "Considero o Kleber um dos maiores jogadores do Brasil e, se tivesse 25% do seu faro de gol, já estaria satisfeito." Em cinco anos de profissional, Felipe, o 13º reforço do ano, calcula que tenha feito entre 20 e 25 gols. "Dois no Estadual."Apesar da apresentação ter sido ontem, Felipe - fã confesso de Kaká - já estava trabalhando a parte física na Vila há 15 dias e garante estar pronto para, se Mancini quiser, encarar o Fluminense, domingo à tarde, no Maracanã, pelo Brasileiro.Felipe Azevedo, um dos primeiros reforços pedidos pelo treinador, chega no momento em que a torcida santista demonstra insatisfação com a queda de rendimento de Neymar. O próprio Mancini sinalizou que, se o garoto não reagir logo, vai para o banco. Sem opções, o técnico foi obrigado a colocar Maikon Leite, que ainda recupera o ritmo de jogo, no lugar de Neymar, no segundo tempo contra o Goiás, domingo.A contratação de Felipe é mais uma demonstração de que Roni está de saída. Ele participou de 23 jogos e fez apenas quatro gols, média sofrível para um centroavante. Além disso, seu salário está entre os mais altos do elenco e, por isso, o seu nome está no alto de uma lista de dispensas, dentro do processo de contenção de despesas.

Sanches Filho, SANTOS, O Estadao de S.Paulo

20 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.