Santos bate líder graças a Marcinho Guerreiro

Com gol do volante no fim do jogo, time da Vila faz 1 a 0 no Guaratinguetá e mantém sonho de ir às semifinais

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

24 de março de 2008 | 00h00

Sem o artilheiro Kléber Pereira ? com 10 gols no Paulista ?, sobrou para Marcinho Guerreiro a tarefa de decidir uma partida para o Santos. O volante marcou o único gol da equipe santista na vitória contra o Guaratinguetá por 1 a 0. O resultado mantém as chances de o Santos conseguir classificação para a fase semifinal. Com 26 pontos, o time ficou a quatro do Corinthians, quarto colocado, a três rodadas do final da primeira fase. O Guará, com 31, permanece na liderança do Estadual. Sob forte chuva, o jogo vinha sem emoções até o volante Jackson, do Guará, ser expulso no final do primeiro tempo. Aí começou a aparecer o futebol do Santos. As melhores chances de gol da equipe da Vila Belmiro saíram dos pés do colombiano Molina, sempre em chutes de fora da área. Mas não foi o meia, que em outros jogos no Paulista havia se destacado, o salvador da pátria. A bola do jogo sobrou para Marcinho Guerreiro na entrada da área do Guará aos 40 minutos do segundo tempo. O volante chutou firme no canto esquerdo do goleiro Fábio e garantiu a sobrevivência do Santos no campeonato. "A gente tem de chegar lá e bater. Estávamos precisando desta vitória e graças a Deus eu consegui fazer o gol", disse o volante santista, que marcou seu terceiro gol e assumiu a vice-artilharia do time no Estadual.O Santos joga na quarta-feira o clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro, para tentar diminuir ainda mais a diferença das equipes do G4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.