Santos crê na volta do bom futebol

Técnico Dorival Júnior aposta que retorno à Vila Belmiro fará bem à equipe, às 19h30, diante do Atlético-GO

Sanches Filho ESPECIAL PARA O ESTADO / SANTOS, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2010 | 00h00

A fase do Santos não é das melhores no Brasileiro. E, depois de um empate e duas derrotas longe de casa, o time tenta a recuperação na Vila Belmiro diante do Atlético-GO, às 19h30.

Apesar dos desfalques (Arouca e Durval) e da sequência de maus resultados, Dorival Júnior acredita que o comportamento do time será bem melhor dentro de casa do que nos últimos três jogos - empate para o Flamengo e derrota com Botafogo e Ceará. "E, por saber que o time é difícil de ser batido na Vila, o torcedor vai acreditar e apoiar. Espero por um grande jogo mesmo com muitos problemas. E vamos precisar ter cuidado porque o Atlético-GO está crescendo de produção", alertou.

O técnico surpreendeu ao anunciar a escalação do lateral-esquerdo Alex Sandro no meio-de-campo, ao lado de Roberto Brum, Danilo e Marquinhos, para suprir a ausência de Arouca. Bruno Aguiar substitui Durval e Léo volta à lateral-esquerda. Com a nova formação, o treinador fecha o meio de campo e aposta no talento de Neymar para chegar à vitória.

"O Alex Sandro praticamente iniciou a carreira atuando por dentro (segundo volante e meia) e com essa formação a nossa intenção é deixar o meio mais compactado", explicou o treinador santista. "Além disso, com dois alas (Danilo também joga na lateral-direita) no meio, Marquinhos vai ter apoio para trabalhar na articulação", acrescentou.

Dorival não acredita que a torcida possa ficar contra a equipe em caso de outra má atuação. "O torcedor tem consciência de que o Santos está sendo reconstruído e sem possibilidade de treinar. E também não deve ter esquecido do que foi conquistado recentemente", afirmou, em alusão aos títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. "Estamos em sexto lugar (31 pontos, 10 menos que o líder Fluminense), mas é bom lembrar que ainda temos um jogo atrasado (contra o Internacional) e poderíamos estar em quarto."

O Atlético-GO aposta na dupla de ataque Josiel e Elias para fugir da zona de rebaixamento "É preciso fazer um bom jogo para, ganhar moral", disse Elias, artilheiro (9 gols) ao lado de Bruno César (Corinthians) e Washington (Fluminense).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.