Santos faz ''''final'''' contra o Goiás

Equipe encara o duelo de hoje, na Vila Belmiro, como decisivo na luta por uma vaga na Taça Libertadores de 2008

Sanches Filho, SANTOS, O Estadao de S.Paulo

27 de outubro de 2007 | 00h00

Vencer ou se afundar. É assim que o Santos encara o jogo contra o Goiás, hoje às 18h10, na Vila Belmiro. Se ganhar, o time continuará com boas chances de se classificar para a Taça Libertadores de 2008. Se perder, pode deixar o G4 e ser atropelado por concorrentes que estão crescendo na reta de chegada do Campeonato Brasileiro, como Grêmio e Flamengo. Acesse e acompanhe online a partida, a partir das 18h10Vanderlei Luxemburgo pôs fim aos castigos e volta a escalar Marcos Aurélio, depois de um longo período na ?geladeira?, ao lado de Kléber Pereira, há sete jogos sem fazer gols. Rodrigo Tabata é outro que ganha um lugar no time, enquanto Pedrinho fica no banco. "A gente é entrosado dentro e fora de campo", garantiu Marcos Aurélio, sobre a dupla com Kléber Pereira. "Conversamos muito sobre as jogadas que podemos fazer. Talvez por isso ele prefira que eu seja o seu companheiro de área", emendou.Enquanto isso, o técnico santista já põe pressão sobre a arbitragem. Luxemburgo reclamou muito da escalação do pernambucano Wilson de Souza Mendonça para apitar o jogo contra o Goiás. "Está parecendo represália por eu ter reclamado do juiz na última rodada", atacou o treinador.Luxemburgo definiu Mendonça como "juiz complicado, confuso e enrolado". E disse que a experiência do árbitro não garante que ele seja competente. "O ideal é que nenhum clube seja prejudicado neste momento de decisão", disfarçou. PACIÊNCIALuxemburgo espera que o Goiás arme uma retranca na Vila Belmiro. Por isso, armou o time ofensivamente e pediu paciência ao torcedor. "Márcio Araújo (técnico do Goiás) foi meu assistente no Palmeiras", comentou Luxemburgo. "Ele sabe armar bons times e envolver seus jogadores. Vamos enfrentar uma forte marcação. Vamos precisa de paciência."O time titular só não está confirmado porque Luxemburgo deixou para decidir no vestiário quem será o primeiro volante: Adoniran ou Adriano. Como Alessandro e Baiano estão suspensos, e Dionísio será o titular da lateral-direita.Outra dúvida é quanto ao torcedor, que parece dividido. Uma parte dos santistas quer ver o Goiás vencer hoje, o que deixaria o rival Corinthians ainda mais próximo do rebaixamento. A mesma parcela da torcida do Santos não acredita que o time seja bom o suficiente para disputar a Libertadores em 2008.Apesar dessas desconfianças, jogadores e técnico apostam que a Vila Belmiro estará lotada hoje. Luxemburgo convocou os "verdadeiros santistas" para o jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.