Santos faz treino noturno para se adaptar ao frio

O Santos realizou nesta sexta-feira o seu segundo treinamento no Japão, onde vai disputar o Mundial de Clubes, mas em um horário incomum. Preocupado com a adaptação dos jogadores ao frio, o técnico Muricy Ramalho realizou a atividade no horário da partida de estreia no torneio, que será disputada a partir das 19h30 locais (8h30 no horário de Brasília), na quarta-feira.

AE, Agência Estado

09 de dezembro de 2011 | 14h21

A atividade foi realizada com a temperatura de 5ºC em Nagoya, onde o Santos está hospedado para o Mundial. As condições climáticas na quarta, quando a equipe brasileira vai encarar o vencedor do duelo entre Kashiwa Reysol, do Japão, e Monterrey, do México, devem ser semelhantes.

A atividade desta sexta-feira foi concentrada em trabalhos de finalização. Antes, porém, os jogadores fizeram um longo aquecimento. "No frio, nossa principal dificuldade é o aquecimento, que tem que ser mais longo. Nós não estamos acostumados com essa temperatura no Brasil. Então, os treinamentos estão servindo para nossa adaptação", disse o goleiro Rafael.

O zagueiro e capitão Edu Dracena reconheceu que treinar sob frio intenso foi ruim, mas ressaltou a necessidade de adaptação do Santos para os jogos do Mundial de Clubes. "Estamos sofrendo agora, mas é importante esse trabalho para que no jogo estejamos habituados".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.