Santos mantém formação vitoriosa

Contra o Barueri, hoje, Mancini repete o time que bateu o Santo André

Sanches Filho, O Estadao de S.Paulo

28 de março de 2009 | 00h00

Desta vez, Vágner Mancini não quis saber de treino secreto nem de mistério: o Santos vai manter a formação da vitória por 3 a 0 sobre o Santo André para desafiar o Barueri, hoje, às 16h10, na Arena Barueri. Neymar, que sofreu pequena fissura num dos dedos do pé esquerdo, está escalado e é a maior atração do jogo. Para voltar ao G4 na rodada de fim de semana, o time precisa ganhar e torcer para a Portuguesa tropeçar contra o Marília amanhã. "Não há outra possibilidade de se chegar lá a não ser somando pelo menos seis pontos nos três jogos que nos restam", analisou Mancini. Para ele, até Corinthians e São Paulo, tidos como virtualmente classificados, precisam tomar cuidado nas últimas três rodadas. "Esses próximos dias serão de sufoco total", afirmou o treinador.Com pouco tempo para treinamentos, Mancini preocupou-se mais em trabalhar o emocional dos jogadores nos dois últimos dias. Os efeitos positivos da vitória sobre o Santo André na quarta-feira por pouco não foram ofuscados pelo problema pessoal de Fábio Costa - teve o nome relacionado a Ana Cláudia Melo da Silva, morta com sete facadas supostamente pelo ex-marido -, mas o técnico agiu rapidamente, com uma longa preleção na quinta-feira.Depois da derrota contra o Corinthians, Mancini chegou a temer que Neymar tivesse uma queda de produção. Imaginou que o garoto poderia levar um bom tempo para recuperar a confiança, mas, após a atuação da nova "joia" santista diante do Santo André, ele ficou aliviado. E aposta pesado no garoto. "Neymar já provou que é diferente, pode desequilibrar e mudar um jogo. Sempre que um time tem um jogador com tanto talento como o dele, deixa de ser previsível e dificulta a marcação do adversário."Como o Barueri está com 26 pontos - quatro atrás do Santos -, Mancini acredita que o jogo de hoje será aberto, o que vai exigir atenção especial de sua equipe. "O conjunto deles é bom, tanto que teve acessos seguidos nos últimos anos", elogiou o treinador santista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.