Santos pede a remarcação de dois jogos

SANTOS - O técnico Muricy Ramalho sabe que é hora de o Santos recuperar pontos perdidos e subir na classificação para se afastar da zona do rebaixamento. Será assim amanhã à noite diante do Grêmio no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, e no sábado da próxima semana, contra o Internacional, na Vila Belmiro. E ele precisa muito de Neymar. "A gente tem consciência de que Neymar é 50% do nosso time."

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2012 | 03h04

Em razão da dependência que o time tem do craque, o Santos pediu à CBF a remarcação dos seus jogos como mandante contra Vasco e Atlético-MG (nos dias 14 e 17 de outubro) para datas vagas na tabela. "Esperamos que a CBF tenha com o Santos a mesma boa vontade que teve com o Flamengo ao adiar o jogo contra o Atlético-MG por causa do estádio (más condições do gramado do Engenhão)", argumentou o treinador.

Conformado em dividir o seu maior talento com a seleção, o Santos pretende liderar um movimento para convencer a CBF a suspender as rodadas do Brasileiro nas datas Fifa, em 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos fcBRasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.