Santos reforça a marcação em Belém

Dorival Júnior escala mais um volante na Copa do Brasil, contra o Remo: Rodrigo Mancha no lugar de Robinho, machucado

SANTOS, O Estadao de S.Paulo

18 de março de 2010 | 00h00

Sem o machucado Robinho, o Santos vai abandonar o esquema com três atacantes para reforçar a marcação no jogo de hoje, diante do Remo, em Belém. Ele colocou o volante Rodrigo Mancha no time. O planejamento de Dorival Júnior é para que o time vença por diferença de no mínimo dois gols para eliminar o jogo de volta (marcado para o dia 31, na Vila Belmiro), que coincide com as últimas rodadas da fase de classificação do Paulista.

A maior atração do jogo é Paulo Henrique Ganso. Como nasceu em Ananindeua, a poucos quilômetros de Belém, e tem muitos parentes e amigos na capital paraense, o meia tem recebido tratamento de celebridade. Descoberto no futebol de salão do Tuna Luso, foi indicado ao Santos pelo conterrâneo Giovanni, em 2005, com 15 anos.

Os pais e irmãos de Ganso, que moram com ele em Santos, também estão em Belém para não perder a festa armada para o mais ilustre membro da família. Mas os parentes que moram no Pará vão vê-lo pela primeira vez em ação como profissional. "Eles (familiares) já me viram jogando na base, mas não no principal. Para mim é um jogo especial e o nosso time vai entrar com seriedade."" Outro que vai contar com o apoio da família é Pará, que nasceu em São João do Araguaia. "A minha família toda vai estar lá. Pai, mãe, irmãos, tia, avô e, se brincar, até papagaio."

Ao vivo. Acompanhe os lances do jogo entre Santos e Remo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.