Eduardo Nicolau/AE
Eduardo Nicolau/AE

Santos 'reza' para salvador Neymar voltar

Se o Brasil chegar à decisão da medalha de ouro, em 11 de agosto, serão mais 4 jogos sem o atacante

SANTOS, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2012 | 03h07

Um mês e oito dias depois de cair diante do Corinthians nas semifinais da Libertadores, o Santos despenca no Brasileiro e conta os dias para o retorno de Neymar da seleção olímpica. Só ele talvez consiga salvar do rebaixamento para a Segunda Divisão o que restou de um time que era modelo até outro dia. Mas, se o Brasil chegar à decisão da medalha de ouro, dia 11 de agosto, serão mais quatro jogos sem o semideus da Vila Belmiro.

Os números santistas são assustadores. Apenas uma vitória em 12 jogos, quatro gols sofridos e nenhum marcado nas quatro últimas rodadas e aproveitamento de 27.8% dos 36 pontos disputados.

 

O desmanche do Santos começou em plena Libertadores, com a liberação de Ibson para o Flamengo, em nome da contenção de despesas. E bateu forte com a eliminação naquela competição. Em uma semana, Muricy Ramalho perdeu Borges, Alan Kardec e Renteria.

Neste domingo, diante da Ponte Preta, na Vila, Bernardo é a aposta.

Tudo o que sabemos sobre:
SantosNeymardesfalquesFutebolEsporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.