Santos tenta arrancar no campeonato

Contra o Figueirense, time tenta sua primeira vitória fora de casa. Para isso, Muricy conta até com a chegada de Neymar

SANCHES FILHO / SANTOS, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2012 | 03h06

O Santos ainda não ganhou e nem fez gol como visitante no Campeonato Brasileiro, mas acredita que a história vai começar a mudar hoje, a partir das 21h, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. É que, além de enfrentar o Figueirense, um dos piores times da competição, é provável que Muricy Ramalho conte pela primeira vez com o esboço do Santos dos sonhos, reunindo Neymar, Ganso, André, Patito Rodríguez e Arouca do meio para frente. Como ainda dependia da chegada de Neymar, o técnico deixou para anunciar a escalação do time minutos antes do jogo - o craque participou da vitória do Brasil contra a Suécia, ontem em Estocolmo, e embarcou em um jatinho para conseguir jogar.

Mas, se do meio para frente Muricy tem motivos para comemorar, a defesa inteira será de reservas, à exceção de Bruno Peres, que se firmou na direita em razão das lesões de Fucile e Galhardo. Estão fora o capitão Edu Dracena (operou o joelho e só volta em 2013), Durval (dores no tornozelo direito) e Léo (desgastado fisicamente, passará por período de preparação especial). Outros desfalques são o volante Henrique, que se recupera de dores no púbis, e Felipe Anderson, suspenso pelo terceiro amarelo.

As ausências no meio não preocupam, porque Ganso está de volta e para a função de segundo volante Muricy deve confirmar Patito. A sua outra opção é o garoto Leandrinho, que foi bem contra o Cruzeiro e no primeiro tempo diante do Atlético-GO.

Muricy não tinha a certeza de que Paulo Henrique Ganso retornaria em boas condições físicas da seleção brasileira, mas bastaram os treinos da semana para que a dúvida fosse desfeita. O meia se movimentou bem e demonstrou disposição nos treinos de terça-feira e de ontem cedo. No clube todos apostam que, depois de ter sido preterido por Mano Menezes na Seleção olímpica, Ganso vai querer mostrar que superou os problemas físicos e está pronto para voltar a jogar em alto nível, sonhando em despertar o interesse de grandes clubes europeus.

O Santos acumula 17 pontos, com saldo negativo de quatro gols (marcou 15 e sofreu 19) e aproveitamento de apenas 35,4%, mas projeta fechar o turno no bloco dos dez mais bem classificados do Brasileiro. A esperança de Muricy é que o time inicie uma arrancada hoje à noite para ter possibilidade de, no segundo turno do campeonato, ainda brigar pelo título ou pelo menos obter a vaga para a Libertadores da 2013.

Clássico. A CBF anunciou, ontem, que o clássico entre Palmeiras e Santos foi transferido da Arena Barueri para o Pacaembu. A data continua sendo dia 25, um sábado, às 18h30. A mudança de local foi um pedido da diretoria do Palmeiras, que tem sido muito pressionada pelos torcedores para deixar de jogar em Barueri.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.