Santos terá 2º quadro contra o Bota

Muricy Ramalho vai repetir a estratégia usada na estreia do Brasileiro e hoje, contra o Botafogo, no Engenhão, às 18h30, colocará o time B em campo.

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2011 | 00h00

Preocupado com a Taça Libertadores, contra o Cerro Porteño (venceu a ida da semifinal por 1 a 0, no Pacaembu), Muricy Ramalho não vai escalar nem Maikon Leite hoje - Tiago Alves deve ganhar vaga no ataque e Pará, na lateral-direita.

No jogo inicial do Nacional, o Santos teve Marcelo Martelotte no banco (Muricy estava gripado), empatou com o Internacional (1 a 1) na Vila e só não venceu por falta de força ofensiva. Uma nova igualdade poderá ser comemorada.

Embora tenha sido titular contra o Cerro, Pará joga hoje porque Jonathan ainda não está 100% bem fisicamente. "Fico feliz por estar escalado e por ser o único titular a jogar. Eu não tenho problemas porque fiz uma boa pré-temporada e não sinto cansaço", afirmou o jogador.

Com Pará, Muricy volta a armar a equipe no seu sistema preferido, com três zagueiros, dois volantes de marcação e um meia armador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.