Santos volta a pensar em Robinho

Com a desclassificação do Milan na Copa dos Campeões da Europa, o Santos volta a sonhar em repatriar Robinho pela segunda vez. A primeira foi em 2010, no início da administração de Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, por empréstimo de seis meses. Na última tentativa de trazer o atacante de volta para a Vila Belmiro, em janeiro passado, não houve acordo quanto aos valores com Adriano Galliani, diretor- executivo de futebol do clube italiano, nem com Robinho, mas ficou combinado que os entendimentos seriam retomados em abril.

SANCHES FILHO / SANTOS , ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

14 de março de 2013 | 04h17

A queda do Milan diante do Barcelona pode antecipar as negociações."Esse é um assunto que vamos ter de discutir. Investimos alto na contratação de sete reforços neste início de temporada e no momento o clube não teria condições de trazer Robinho. Porém o interesse poderá existir um pouco mais à frente."

De graça. O que poderá ajudar o Santos é que em dezembro Robinho já poderá assinar pré-contrato para sair de graça do Milan no fim da temporada europeia de 2014, e o clube italiano poderá negociá-lo na próxima janela para salvar parte do investimento que fez na sua contratação e para abrir uma vaga para estrangeiro no seu elenco.

Robinho também pode diminuir o seu pedido salarial (R$ 1 milhão/mês) por ter interesse em retornar ao Brasil porque se tornaria titular absoluto no Santos e aumentaria as possibilidades de convocação para a seleção brasileira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.