São Paulo ataca o carrasco

Time do Morumbi visita, no Recife, o Sport, algoz de Corinthians e Palmeiras na temporada

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

20 de setembro de 2008 | 00h00

O Sport eliminou Palmeiras e Corinthians no caminho de seu título da Copa do Brasil. No Brasileiro, já venceu os palmeirenses outra vez - surpreendentes 3 a 0 em pleno Palestra Itália - e se consolidou como um carrasco dos paulistas nesta temporada. Hoje, às 16 horas, na Ilha do Retiro, o São Paulo terá a árdua missão de vingar os rivais. Uma vitória pode valer lugar no grupo dos quatro que se classificam à Taça Libertadores-2009 e manter vivas as esperanças do tricampeonato brasileiro.Entre os são-paulinos ninguém é ingênuo de acreditar que os pernambucanos vão amolecer o jogo porque já têm vaga garantida na Libertadores. "A torcida é muito empolgada e cobra demais", analisa o zagueiro André Dias. Além da pegada adversária, o jogador tem na ponta da língua os maiores obstáculos de uma vitória no Recife: campo pequeno e irregular e o calor. "Lá a gente vai enfrentar um sol a 32 graus e um gramado inferior ao do Morumbi."A equipe paulista vai tentar manter a mesma marcação feita na boa atuação contra o Flamengo (vitória por 2 a 0), domingo passado. "Fomos bicampeões por causa da marcação forte", lembra o xerife André Dias. "Temos de mantê-la." A vitória, mais uma vez, é fundamental para as pretensões tricolores. Depois do resultado ante o Flamengo e do tropeço do Grêmio (derrota por 2 a 1 para o Goiás), os jogadores do clube já conseguem ver mais próximas as chances do tri. "Não queremos passar 2008 sem ganhar nada", ressalta Hernanes. "Queremos ganhar este título e a esperança aumentou depois que os gaúchos perderam."O técnico Muricy Ramalho não poderá contar, de novo, com o atacante Borges, que já não atuou contra os cariocas por causa de um entorse no tornozelo. Na sua vaga, segue Dagoberto, autor de um gol no último jogo. Ao seu lado, André Lima. Após uma estréia empolgante, com dois gols ante o Vasco, o jogador pouco produziu e já sofre as primeiras contestações, mas ganha outra chance. Richarlyson deve entrar no lugar do volante Jean, suspenso.SPORT OFENSIVOO treinador Nelsinho Batista promete colocar um time bem ofensivo em campo. Como o lateral direito Sidny continua machucado, o atacante Carlinhos Bala vai seguir desempenhando a função no esquema 3-5-2. Enilton também entra no lugar do atacante Roger, que não joga por cumprir suspensão pelo terceiro amarelo e por estar impedido de participar dos jogos contra o São Paulo, clube que o emprestou ao Sport.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.