Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

''São Paulo dominou o jogo'', diz Rogério

Goleiro, autor de duas grandes defesas, afirma que time foi superior ao adversário, mas que 'faltou pôr a bola na rede'

, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2011 | 00h00

Inconformado com a derrota do São Paulo no clássico, Rogério Ceni afirmou que o resultado não refletiu o que as equipes fizeram em campo e mostrou irritação com os gritos de "olé" dos santistas ao final da partida. "Jogamos melhor do que eles. Tiveram cinco minutos com a torcida gritando "olé", mas quando já estava 2 a 0. No segundo tempo jogamos melhor, mas resultado é bola para dentro", afirmou o goleiro, que fez duas grandes defesas, mas deu rebote para Maikon Leite no lance do segundo gol.

Para Carpegiani, a atuação do São Paulo no clássico merecia outro resultado. "Fiquei satisfeito com a produção nos dois tempos. A equipe sentiu em alguns momentos, principalmente após o gol, mas tomamos conta da partida", disse o técnico.

A segunda derrota do time no Estadual, garante Carpegiani, não assusta. "Estaria preocupado se tivéssemos perdido e não tivéssemos produzido. Na quarta-feira (vitória sobre o Americano por 4 a 3), a bola entrou. Hoje (ontem), não", lamentou.

Na quinta-feira, contra o Linense, no Morumbi, o São Paulo não terá o volante Carlinhos Paraíba, que ontem levou o terceiro amarelo. A ausência vai apressar a estreia de Rivaldo no Tricolor. "Por todos os aspectos, o Rivaldo vai jogar na quinta. Ele não vai ter dificuldade porque já jogou na esquerda e no meio, tem versatilidade para isso", disse Carpegiani.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.