Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

São Paulo faz promoção para lotar o Morumbi na estreia de Ganso

Objetivo é bater o recorde de público do Brasileiro, do próprio clube, de 54.118 pagantes

AE, Agência Estado

13 de novembro de 2012 | 16h29

SÃO PAULO - O São Paulo diminuiu o preço dos ingressos de alguns setores do Morumbi para a possível estreia de Paulo Henrique Ganso, neste domingo, contra o Náutico. As arquibancadas azul e vermelha, cujos bilhetes foram vendidos por R$ 40 no jogo contra o Fluminense, custam R$ 20. No setor laranja também houve redução: ingressos para a arquibancada premium e as cadeiras que antes eram vendidos por R$ 60, vão custar R$ 20. Quem quiser assistir ao jogo da arquibancada comum, vai pagar R$ 20. Os bilhetes para a arquibancada amarela continuam com o preço promocional de R$ 10. Os acompanhantes de portadores de necessidades especiais, que antes pagavam R$ 30, vão poder acompanhar a partida por R$ 20.

A intenção da diretoria é superar o público da última partida no Morumbi, contra o Fluminense, no último dia 4. O time do Morumbi empatou por 1 a 1 e bateu o recorde de público desta edição do Campeonato Brasileiro, com 54.118 pagantes.

Ney Franco já confirmou que no domingo Paulo Henrique Ganso deverá estrear com a camisa tricolor. "A tendência é que ele fique como opção no banco", disse o técnico. O meia treinou com o preparador físico Sérgio Rocha na última segunda-feira por uma hora e meia, sendo submetido a um trabalho de resistência e potência, mostrando franca evolução. Nesta quinta, antes da estreia, Ganso será observado por Ney Franco em um jogo-treino. Como a resposta dele aos últimos trabalhos foi bastante positiva, a vaga no banco no domingo já está garantida.

A possibilidade de Ganso estrear já havia feito a CBF mudar o horário da partida do próximo domingo de 19h30 para 17 horas, por causa da "melhor expectativa de público". Além disso, apesar da derrota para o Grêmio, o São Paulo ainda pode se classificar para a Libertadores do ano que vem em caso de vitória sobre os pernambucanos.

Paulo Henrique Ganso não joga uma partida oficial desde 29 de agosto deste ano, quando defendeu o Santos contra o Bahia, pelo Brasileirão. Ele chegou ao São Paulo em setembro, após uma negociação conturbada. Desde então, se recupera de um estiramento na coxa esquerda, que o impediu de estrear.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.