São Paulo não renova e fica sem patrocinador

O vice-presidente de comunicações e marketing, Julio Cesar Casares, informou ontem que o clube começará 2009 sem patrocínio. A proposta feita pela empresa sul-coreana LG, que estampa sua marca no uniforme há 8 anos, não agradou. "O valor oferecido não chegou a um bom termo. Vamos começar o ano com nossa camisa apenas com o distintivo", disse Casares à Rádio Globo. A LG pagou R$ 16 milhões neste ano e, para a próxima temporada, o clube espera R$ 30 milhões.Ontem também o clube informou que as contratações foram encerradas. Foram trazidos os laterais Wagner Diniz e Junior Cesar, o zagueiro Renato Silva, os volantes Eduardo Costa e Arouca e o atacante Washington. Agora, a diretoria afirma que só virá mais alguém se surgir uma oportunidade imperdível. "O planejamento foi bem executado", disse o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.