São Paulo ''nota 7'' joga para ficar perto da classificação

São Paulo ''nota 7'' joga para ficar perto da classificação

Hernanes diz que equipe está aprovada, mas ainda vai melhorar. Com a base titular, desafio hoje é em Bragança Paulista

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

24 de março de 2010 | 00h00

É um São Paulo ainda em transição, à procura do melhor futebol, que entra em campo hoje, às 21h50, contra o Bragantino, em Bragança Paulista. Mas é também um time que, com uma vitória, já pode ficar muito próximo da classificação para as semifinais do Campeonato Paulista e ir para o clássico com o Corinthians, domingo, e o duelo diante do Monterrey, pela Libertadores, com mais tranquilidade.

"A gente está crescendo aos poucos. Não adianta nada estar jogando muita bola agora e depois vacilar", afirma o volante Hernanes. "A equipe está aprovada, dou uma nota 7 para o time. Aos poucos vamos melhorar e estaremos fortes na hora certa."

A classificação para as semifinais ficaria tão próxima que Ricardo Gomes nem cogita escalar time misto. Apenas Washington e Alex Silva, que sentiram o desgaste dos últimos jogos, serão poupados, além de Richarlyson, contundido, e Cléber Santana, suspenso. O restante da equipe terá a base invicta há sete partidas - seis vitórias e um empate. Cicinho e Fernandinho, no entanto, ficam fora para atingir as condições físicas ideais..

"A dosagem é de acordo com a resposta de cada jogador", explica o treinador, que pode decidir até pôr uma equipe mista no clássico em caso de vitória nesta noite. "Não sei o que ainda pode acontecer. Não conseguimos os 3 pontos ainda. Só vou definir o que fazer depois do jogo com o Bragantino e após perceber a recuperação física do time."

O São Paulo é o único clube entre os grandes que ainda não perdeu no interior neste Campeonato Paulista. Para manter o retrospecto pretende utilizará um ataque diferente, mais veloz. O favorito a fazer companhia a Dagoberto - que estreia chuteira lilás com um sensor para identificar a altura da grama e ajustar as travas - é Marlos.

Patrocínio. O novo patrocinador do São Paulo deve ser anunciado só no fim de abril. O vice-presidente de marketing, Julio Casares, conta que o clube espera vender 250 mil camisas "limpas" - já comercializou 105 mil - antes de ter outro parceiro. Oito empresas disputam o espaço, entre elas a Unimed, que poderia trazer Fred do Fluminense.

Ao vivo. Confira o placar de todos os jogos do Paulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.