AP Photo/ Lynne Sladky
AP Photo/ Lynne Sladky

São Paulo recebe peneira de time americano de beisebol

Tampa Bay Rays Brasil realiza 1ª seleção de uma franquia da MLB no país; atividade será quinta, às 14h30, no Parque Clube Tietê

RAFAEL PEZZO, O Estado de S.Paulo

25 Fevereiro 2015 | 17h06

 O Parque Clube Tietê sediará, nesta quinta, às 14h30, a primeira peneira de um time da Major League Baseball, maior liga de beisebol do mundo, no Brasil. Através da filial brasileira, o Tampa Bay Rays, equipe sediada no Estado americano da Flórida, selecionará jovens de 14 a 18 anos para se tornarem prospectos da franquia e terem uma chance de jogar profissionalmente na MLB.

Os atletas com mais de 18 anos estão sendo encaminhados diretamente para os treinos do Rays Brasil, que disputará campeonatos amadores em São Paulo nesta temporada. Estarão presentes na atividade de amanhã olheiros e diretores do Tampa Bay Rays brasileiro e também um scout da academia do time na Venezuela.

Segundo Thiago Ramos de Sousa, responsável dos Rays Brasil, "essa será, sem dúvida, a primeira de muitas seleções por aqui". Apesar da pouca procura, Thiago se mostra otimista quanto às iniciativas para popularizar e angariar jogadores em solo tupiniquim. "O brasileiro tem o biotipo de atleta e, com a disseminação do esporte, podemos crescer e ter profissionais por aqui e nos Estados Unidos."

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

Grande parte dos inscritos para o try-out desta quinta são do interior do Estado."Alguns pais que moram em outras cidades viram o anúncio e se inscreveram. Geralmente com filhos que saíram das categorias infantis e que buscam continuar no esporte", conta Ramos.

Antes de 2015, a equipe comandada por Thiago se chamava Brooklin Bullet Dodgers, em homenagem ao Brooklyn Dodgers, tradicional clube da MLB fundado em Nova York, mas que joga em Los Angeles desde a temporada de 1958. No final do ano passado, Adriano de Souza, diretor de operações de beisebol no Brasil do Tampa Bay, foi convidado a dar uma palestra aos jogadores do Bullet Dodgers. A partir de então, Thiago e Adriano continuaram em contato e fecharam o acordo para o Tampa Bay Rays Brasil em janeiro.

Mais conteúdo sobre:
beisebolMLBtampa bay rays

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.