São Paulo se abala, mas diz ter confiança em receber Mundial

Diretoria teve reuniões ontem com investidores, temerosos com a notícia. Clube promete melhoras no projeto do estádio

Giuliander Carpes, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2010 | 00h00

A diretoria do São Paulo mostrou surpresa e até certo inconformismo com a informação publicada na edição de ontem do Estado de que o Morumbi estaria descartado da Copa de 2014. Embora ainda acreditem que possam sediar jogos do Mundial, os dirigentes do clube tiveram de passar o dia, ontem, contornando questionamentos sobre o projeto do estádio, principalmente de investidores, temerosos de terem seus planos frustrados. "Este tipo de notícia atrapalha a nossa relação com os investidores e prejudica o projeto", afirmou o diretor de futebol João Paulo Jesus Lopes.

O São Paulo segue trabalhando para viabilizar o projeto do estádio, que já sofreu inúmeras reformulações - e críticas da Fifa - desde sua primeira concepção, no início do ano passado. A próxima apresentação será amanhã. Os próprios cartolas tricolores, no entanto, são cautelosos quanto ao fim da novela que já virou a escolha do estádio para a abertura da Copa. "A aprovação do Morumbi é uma briga longa e ainda haverá muitos desdobramentos", considera o diretor de marketing Adalberto Batista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.