São Paulo sente vaga ameaçada

Time tenta vencer em Bauru sem tirar os olhos dos concorrentes

Amanda Romanelli, O Estadao de S.Paulo

25 de março de 2009 | 00h00

A distância entre os times que brigam pelas duas últimas vagas do G4 diminuiu e o São Paulo já sente os adversários muito próximos, ameaçando a classificação para a semifinal do Campeonato Paulista. Hoje, em Bauru, o time de Muricy Ramalho tenta defender a 3ª posição diante do desesperado Noroeste, que, após boa campanha em 2008, agora briga para não cair. Uma vitória trará tranquilidade para o clássico contra o Palmeiras, no sábado. Uma derrota, contudo, pode tirá-lo da zona de classificação.O time entrará em campo sabendo do resultado do jogo da Portuguesa (que, na 4ª posição, soma os mesmos 30 pontos) e também do duelo direto entre Santos e Santo André, duas equipes à espreita de um lugar no G4. "É um jogo decisivo", admite Washington, lamentando o empate por 1 a 1 contra o Paulista, no domingo. "Perdemos a chance de conseguir uma maior tranquilidade na tabela. Agora precisamos vencer para tentar definir o quanto antes a classificação. Estamos correndo riscos." Washington e Borges perderam muitos gols no primeiro tempo do duelo em Jundiaí e o único gol são-paulino foi marcado pelo zagueiro Rodrigo. Mas, na etapa final, os atacantes sofreram. A bola não chegava. Ao ser substituído no fim do jogo, Washington fez cara de poucos amigos - nem sequer cumprimentou André Lima, que entrou em seu lugar. Ontem, o atacante esclareceu o rompante. "Eu fiquei chateado pelo time não ter conseguido a vitória, também por não ter marcado gols. Não foi por causa da substituição."Frustrado com a atuação de domingo, Washington quer fazer a diferença em Bauru. Acha que nem ele nem Borges deixarão de marcar hoje. "Acho difícil que a gente fique duas rodadas sem fazer gols. Não falo isso por falta de humildade; é a realidade."ANDRÉ E ZÉ VOLTAMO técnico Muricy Ramalho tinha um problemão para escalar o time que jogará hoje. Deixou Jundiaí sem Renato Silva, suspenso, e sabia que perderia Miranda para a seleção. Mas ontem garantiu que André Dias e Zé Luís, recuperados, estarão em Bauru.Precisando do resultado, Muricy fez mistério sobre a escalação e comandou um treino tático longe dos olhos da imprensa. Mas deve colocar Aislan para compor o trio defensivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.