São Paulo torce por oferta para vender Hernanes

Juvenal já admite liberá-lo por valor bem inferior ao da multa rescisória

, O Estadao de S.Paulo

15 de julho de 2009 | 00h00

Juvenal Juvêncio recusou oferta de 14 milhões de euros (R$ 38 milhões) do Barcelona pelo volante Hernanes no ano passado. O presidente queria receber o valor da multa rescisória. O dirigente só não contava com uma queda brusca de rendimento. E agora, em conversas reservadas, já admite liberá-lo por bem menos do que os 30 milhões de euros (R$ 82 milhões) previstos em contrato.Nos corredores do Morumbi, o mandatário são-paulino torce para que as notícias publicadas pela imprensa italiana sejam verdadeiras. O Milan poderia oferecer 18 milhões de euros (R$ 49 milhões) para contratar Hernanes. Ele seria o substituto de Pirlo, que deve ser vendido ao Chelsea.Se o boato se confirmar com uma proposta oficial do Milan, será vendido. "Se o Milan oferecer 10 milhões de euros (R$ 27 milhões), o São Paulo vende", afirmou uma pessoa ligada ao atleta.Enquanto isso, o volante perde espaço. Ontem, no trabalho tático que comandou no CT, antes do jogo de amanhã contra o Atlético-MG, o técnico Ricardo Gomes tirou Hernanes para escalar Eduardo Costa. CORINTHIANS TEM DESFALQUES O técnico Mano Menezes tem problemas para escalar o Corinthians que enfrenta o Sport, amanhã, no Pacaembu. O lateral-direito Alessandro, o meia Elias e o zagueiro reserva Jean estão suspensos. Já o zagueiro William faz tratamento, assim como Chicão, que desta vez, porém, tem presença garantida. O substituto de Alessandro deve ser Diogo e, na vaga de Elias, o escolhido deve ser Jucilei.O Corinthians confirmou o empréstimo de Otacílio Neto, sem custo, para o Barueri até o final do Brasileiro. Ele segue os passos de Welligton Saci, que foi para o Atlético-MG.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.