São Silvestre prevê melhores tempos com novo percurso

A 87ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, no dia 31 de dezembro, irá marcar a estreia de um novo percurso na história da prova. A principal mudança é o local de chegada, que deixa a Avenida Paulista e passa a ser no Obelisco do Ibirapuera. E, segundo os organizadores, o trajeto alterado deverá proporcionar melhores tempos para os participantes - a distância continua a mesma de 15 quilômetros.

AE, Agência Estado

07 de dezembro de 2011 | 15h41

"Trocamos uma descida forte (Rua da Consolação) por um trecho sinuoso e alternado de subidas e descidas, melhor calçamento sem curvas fortes", afirmou Júlio Deodoro, organizador da São Silvestre, ao apontar a mudança para um percurso mais rápido para os atletas. "Teremos em 2011 uma melhora no tempo total tanto para as elites como para amadores bem treinados."

No masculino, o recorde da São Silvestre pertence ao queniano Paul Tergat, que venceu com 43min12 em 1995. E no feminino, a melhor marca da prova foi batida na edição do ano passado pela também queniana Alice Timbilili, com 50min19.

Segundo a organização da São Silvestre, ainda é possível fazer a inscrição para a prova deste ano, através do site oficial, sendo que a expectativa é de que sejam 25 mil participantes.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoSão Silvestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.