São Silvestre terá premiação total de R$ 168,5 mil

Campeões receberão R$ 25 mil cada; se alguém quebrar o recorde da prova, embolsa mais R$ 20 mil

AE, Agência Estado

22 de dezembro de 2008 | 17h54

A 84.ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, a última prova do ano, vai render um prêmio gordo para quem completar o seu percurso, de 15 quilômetros, em primeiro lugar. O comitê organizador distribuirá premiação total de R$ 168,5 mil aos destaques da tradicional competição. Em 2007, o vencedor foi Robert Cheruiyot, do Quênia.Os campeões, no masculino e no feminino, receberão R$ 25 mil cada, e ainda terão direito a um bônus de R$ 20 mil caso quebrem os recordes da prova, que já duram mais de uma década: a melhor marca masculina é do queniano Paul Tergat, estabelecida em 1995, com 43min12s, e a recordista entre as mulheres é a também queniana Hellen Kimayio, com 50min26s, tempo anotado em 1993.Para os segundos colocados de ambas as provas, o cheque tem a metade do valor dos campeões (R$ 12,5 mil), enquanto os terceiros colocados receberão R$ 7 mil. Além deles, até o décimo na classificação geral terá direito a premiação em dinheiro. Haverá ainda um prêmio especial para os técnicos dos cinco primeiros colocados, no total de R$ 10,5 mil.A São Silvestre feminina começa às 15h15 do dia 31, enquanto a disputa masculina está marcada pontualmente para as 16h52 - acompanhge pelo estadao.com.br. Os organizadores anunciam a participação de 20 mil corredores durante a disputa, que repete o percurso das últimas temporadas, com largada e chegada na Avenida Paulista, e passagem por diversos pontos do centro de São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoSão Silvestrepremiação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.