Kim Kyung-Hoon/Reuters
Kim Kyung-Hoon/Reuters

Sarah Menezes perde disputa do bronze no Mundial

No masculino, Denílson Lourenço e Leandro Cunha têm atuações discretas em suas respectivas categorias

AE, Agencia Estado

26 de agosto de 2009 | 11h28

A brasileira Sarah Menezes foi derrotada na disputa de terceiro lugar do Mundial de Judô, que está sendo disputado em Roterdã. Campeã mundial Junior em 2008, ela terminou a disputa da categoria até 48kg na quinta colocação, no melhor resultado dos judocas do País no primeiro dia da competição na Holanda.

"Lutei bem, preciso melhorar, mas estou satisfeita pelo meu desempenho. Tenho que procurar ter mais confiança, acreditar mais em mim e ter mais confiança", afirmou Sarah. "Todas minhas lutas foram difíceis, acho que vou crescer", completou a judoca brasileira, de apenas 19 anos, em entrevista ao SporTV.

Sarah Menezes perdeu para a sul-coreana Jung-Yeon Chung por decisão unânime dos árbitros. A luta terminou empatada no tempo regulamentar. A igualdade permaneceu na disputa do golden score (disputa após empate no tempo regulamentar), o que levou os juízes a terem que decidir a vencedora da luta.

Sarah iniciou sua participação no Mundial de Roterdã com vitória sobre a argentina Paula Pareto, que conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim. Depois, se classificou para as quartas de final ao derrotar a russa Liudmila Bogdanova no golden score com um yuko.

A brasileira, porém, perdeu a luta seguinte. Sarah Menezes não resistiu a romena Alina Dumitru, atual campeã olímpica. Na repescagem, ela venceu Volha Leschanka, da Bielo-Rússia, com 3 yukos a 1, se classificando para a disputa de terceiro lugar.

O brasileiro Leandro Cunha, que fez sua estreia no Mundial de Judô, parou na segunda luta da categoria até 66kg. Na primeira rodada, ele venceu Bruno Luzia, de Moçambique, em apenas 27 segundos. Mas o substituto de João Derly foi derrotado pelo japonês Masato Uchishiba logo em seguida.

O brasileiro tinha um wazari de vantagem sobre o campeão olímpico restando 50 segundos para o encerramento da luta. Mas foi derrotado com um ippon. "Não se pode errar contra atletas desse nível", lamentou.

Denílson Lourenço, que competiu na categoria até 60kg, só lutou uma vez. Na primeira rodada, ele foi derrotado pelo ucraniano Georgii Zantaraia por ippon (dois wazari) e deu adeus ao Mundial de Roterdã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.