Saretta joga com freguês chileno por título inédito

A chuva que castigou o Rio de Janeiro ontem adiou para hoje a decisão da medalha de ouro no tênis masculino. O brasileiro Flávio Saretta, cabeça de chave número 1 do torneio, enfrenta o chileno Adrian García, o segundo favorito. A partida está marcada para as 10 horas, no clube Marapendi. O adiamento gerou protestos entre os torcedores.Estreante nos Jogos, Saretta tenta usar o Pan para reerguer a carreira. O tenista, que já foi o 44º colocado do ranking mundial, hoje é o 138º.O duelo de hoje opõe mais uma vez Brasil e Chile numa final de Pan. Em Santo Domingo/2003, o favorito Marcelo Rios foi derrotado por Fernando Meligeni, que aproveitou a medalha de ouro para encerrar a carreira.Hoje, o Brasil é favorito. Saretta já enfrentou Garcia três vezes. E, em todos os jogos, a vitória foi do brasileiro. Em 2005, o tenista de Americana eliminou o chileno nos torneios de Lugano, na Suíça, e de Gayaquil, no Equador. Neste ano, mais um triunfo, no torneio de Bogotá, na Colômbia.Mas Saretta sofreu para chegar até a decisão. Na semifinal, teve suou para bater o argentino Eduardo Schwank por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 7/5 e 6/0. "Adoro esse clima de Copa Davis, de jogo de futebol, eu cresço em quadra", declarou o brasileiro. "Agora falta pouco para o ouro." A diferença é que Schwank, é o 19º argentino melhor colocado no ranking mundial, está na 239ª posição. Saretta (138º) é o melhor brasileiro.Garcia, adversário de hoje, passou sem problemas nas semifinais pelo colombiano Michael Quintero Aguilar, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 7/5.DUPLASA decisão da medalha de ouro entre as duplas também foi adiada para hoje, às 12 horas. Adrian Garcia entra em quadra logo após enfrentar Saretta. Ao lado de Jorge Aguilar, enfrenta os argentinos Horacio Zeballos e Eduardo Schank.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.