Pascal Lauener/Reuters
Pascal Lauener/Reuters

Scheidt e Prada perdem liderança da Star para britânicos

Após quatro regatas, brasileiros deixam liderança da classe escapar para Iain Percy e Andrew Simpson

AE, Agência Estado

30 de julho de 2012 | 14h34

LONDRES - Depois de quatro regatas da classe Star dos Jogos Olímpicos de Londres, os velejadores brasileiros Robert Scheidt e Bruno Prada não ocupam mais a liderança. Nesta segunda-feira, segundo dia de disputas, eles foram mal, somando um nono e um sexto lugares, e despencaram para a quarta posição na classificação geral.

A liderança agora é exatamente dos maiores adversários dos brasileiros pelo ouro, os britânicos Iain Percy e Andrew Simpson, que somaram um terceiro e um segundo lugares nesta segunda-feira e chegaram a 18 pontos perdidos, dois a menos que Scheidt e Prada. Entre eles, estão os barcos de Noruega (18 pontos) e Suécia (19).

No domingo, Scheidt e Prada tinham um quarto e um primeiro lugares, o que fez com que terminassem o dia na liderança. Nesta segunda-feira, a primeira regata foi de recuperação para o brasileiros. Eles largaram mal, contornando a primeira boia na 14ª posição. Depois, conseguiram passar cinco adversários para terminar em nono, a 1min04 dos líderes, os neozelandeses Pepper e Turner.

Depois, na segunda rodada desta segunda-feira, o mesmo problema do dia anterior. O barco brasileiro cruzou a linha de chegada com o mesmo tempo no relógio que noruegueses e irlandeses. A organização colocou Scheidt e Prada em sexto, atrás dos dois adversários. A vitória foi da Suécia, seguida de Grã-Bretanha e Estados Unidos.

FINN - O brasileiro Jorge Zarif repetiu o desempenho do primeiro dia da classe Finn, com um 15.º e um 20.º lugares nas duas regatas realizadas nesta segunda-feira. Com isso, ele está em 19.º na classificação geral, com 70 pontos perdidos.

Na primeira regata do dia, ele velejou sempre em posições intermediárias. Depois, na segunda, o garoto de 19 anos esteve entre os últimos o tempo todo para terminar na 20.ª posição entre 24 barcos.

O bicampeão olímpico Ben Ainslie segue decepcionando na Finn. O britânico somou um sexto e um 12.º lugares nesta segunda-feira e está apenas em terceiro no geral, com 22 pontos perdidos, mesma pontuação de outros três barcos, que estão atrás dele. A liderança é da Dinamarca, com 11 pontos perdidos, seguida da França, com 19.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.