WILLIAM WEST / AFP
WILLIAM WEST / AFP

Scheidt e Prada vencem, mas juízes voltam atrás e dão vitória aos britânicos

Depois de uma disputa acirrada com os britânicos, dupla de brasileiros ficou em segundo lugar

AE, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 13h35

WEYMOUTH - Favoritos ao ouro, Robert Scheidt e Bruno Prada abriram os Jogos de Londres, neste domingo, 29, com a liderança na classe Star, mas os juízes voltaram atrás e deram a vitória aos britânicos Iain Percy e Andrew Simpson. Com isso, os velejadores brasileiros ficaram em segundo lugar.

 

Acostumados a conquistar títulos na base da regularidade, Scheidt e Prada cruzaram a linha de chegada da primeira regata atrás dos barcos da França, Irlanda e Grécia, na primeira regata.

 

Na segunda, brasileiros e britânicos cruzaram a linha final com o mesmo tempo no cronômetro. A organização da prova demorou algum tempo para definir quem tinha sido o primeiro e confirmou Scheidt e Prada como os vencedores. Entretanto, em seguida alterou o resultou e nomeou a dupla britânica como vencedora da prova.

 

Até sexta-feira, serão realizadas duas regatas por dia na classe Star, com exceção da quarta, quando acontece a folga na competição. A Medal Race, envolvendo os dez melhores barcos da fase de classificação, será realizada no domingo e define o campeão olímpico.

 

FINN. Mais novo dos atletas brasileiros em Londres - tem apenas 19 anos -, Jorge Zarif estreou na Olimpíada com um 15º e um 20º lugares nas duas primeiras regatas da classe Finn. Com isso, ele soma 35 pontos perdidos e ocupa a 18ª posição entre 24 barcos participantes. A liderança é do dinamarquês Jonas Hogh-Christensen, que surpreendeu com duas vitórias - tricampeão olímpico, o britânico Ben Ainslie terminou em 2º em ambas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.