Nic Bothma/ EFE
Nic Bothma/ EFE

Robert Scheidt fecha 1º dia da Semana Olímpica de Vela em 16º lugar

Competição está sendo realizada em Hyères, na França, e conta com 69 barcos na classe Laser

Redação, Estadão Conteúdo

29 de abril de 2019 | 17h32

Em preparação para buscar uma vaga nos Jogos de Tóquio, Robert Scheidt estreou nesta segunda-feira na Semana Olímpica de Vela da França, que está sendo realizada em Hyères, com desempenho irregular. O brasileiro foi apenas o 16º colocado na regata de abertura do evento, mas se recuperou na segunda, em que ficou na sexta posição.

O evento conta com a participação de 69 barcos na classe Laser. E Scheidt fechou o dia em 16º lugar na classificação geral, com 22 pontos perdidos. Já a liderança é do neozelandês, que venceu as duas regatas desta segunda-feira e está, portanto, com apenas dois pontos perdidos.

"Foi um dia difícil, com vento de terra e fraco. Passamos muitas horas na água esperando o vento firmar. Larguei mal na primeira regata e tive que vir de trás na briga por posições, Na segunda fui melhor. Cheguei a estar em quarto, mas dois barcos me ultrapassaram na última perna de popa", explicou Scheidt.

Nesta terça-feira, serão disputadas mais duas regatas em Hyères. E com o objetivo de subir ao pódio no evento francês, Scheidt vai trabalhar para melhorar o seu desempenho nas largadas.

"O ponto fundamental é melhorar um pouco mais as minhas largadas. Vou focar nisso a partir de amanhã (terça-feira) e espero evoluir para brigar por boas colocações em todas as disputas. Afinal, é a regularidade que pavimenta o caminho rumo às medalhas", completou.

Após anunciar em fevereiro a sua decisão de buscar uma vaga na Olimpíada de Tóquio, Scheidt disputa nesta semana a sua segunda competição de peso. Na anterior, o Troféu Princesa Sofia, em Palma de Maiorca, na Espanha, encerrado no começo de abril, o brasileiro foi o 12º colocado. "Foi muito bom ter ido para Palma. Me fez evoluir bastante. Depois da competição na Espanha, também diz bons treinos em casa (no Lago Di Garda, na Itália)", contou.

Scheidt retornará à Itália após o evento em Hyères, onde vai se preparar para o Mundial de Classe Laser, que será realizado a partir de 3 de julho na raia dos Jogos de Tóquio. Também nela, o brasileiro pretende disputar o evento-teste olímpico, previsto para agosto.

Tudo o que sabemos sobre:
Robert Scheidtvela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.