Scheidt sobe para terceiro no Mundial; Torben perde posições

Os iatistas Robert Scheidt e Bruno Prada conseguiram subir do sexto para o terceiro lugar na classificação geral do Mundial da classe Star, disputado em San Francisco, nos Estados Unidos. Já a outra dupla brasileira na competição, Torben Grael e Marcelo Ferreira, caiu da 15ª para a 19ª colocação. Depois do sexto lugar na estréia, Robert Scheidt e Bruno Prada chegaram na quarta posição na regata disputada na noite de segunda-feira. Assim, estão com 10 pontos perdidos, atrás dos neozelandeses Rohan Lord e Miles Addy e dos suíços Flavio Marazzi e Martin Kozaczek, que dividem a liderança com 5 pontos perdidos cada. ?Mais uma vez fizemos uma regata conservadora", contou Scheidt, que passou a disputar a classe Star depois de ter sido bicampeão olímpico e ter conquistado 8 títulos mundiais na Laser. Para Torben Grael e Marcelo Ferreira, que são bicampeões olímpicos na Star, o segundo dia de disputa foi ainda pior que o primeiro: chegaram em 31º lugar. Mas eles ainda têm chance de recuperação, pois o Mundial terá mais 4 regatas até sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.