Seedorf vira dúvida no embalado Botafogo

Holandês tem uma leve lesão na coxa esquerda e não sabe se joga hoje contra o Inter; time busca 4ª vitória seguida

RIO , O Estado de S.Paulo

13 de setembro de 2012 | 03h07

Depois de um primeiro turno cheio de altos e baixos, o Botafogo parece ter se encontrado na segunda metade competição. Com três vitórias consecutivas, o time entrou na briga por uma vaga no G-4 e hoje recebe o Internacional no Engenhão.

Para essa partida, o técnico Oswaldo de Oliveira ainda não sabe se poderá contar com Seedorf, que está com uma leve contratura na coxa esquerda e sua escalação só será definida hoje.

"Meu pensamento é escalar o Seedorf. Ainda não desviei. Usei o Cidinho, mas tem o Lodeiro chegando também. Por enquanto, estamos concentrados no Seedorf e veremos o que vai acontecer", disse o treinador. Oswaldo já não poderá contar com o zagueiro Antônio Carlos, os volantes Marcelo Mattos, Renato e Lucas Zen, e o meia Vítor Júnior - todos ainda se recuperam de contusões.

Os jogadores sabem da importância de um bom resultado. "Vamos jogar como se fosse uma final. Queremos voltar ao G-4 e o Inter está no caminho. Temos condições de vencer", disse o meia Elkeson, que jogará mais uma vez improvisado no ataque. Na última rodada, ele marcou dois gols na vitória sobre o Náutico, no Engenhão, por 3 a 1.

Crise. O Inter vai ao Rio para espantar a má fase. Para esse jogo, o técnico Fernandão terá a volta do volante Guiñazu e dos atacantes Diego Forlán e Leandro Damião depois de servirem às seleções da Argentina, Uruguai e Brasil, respectivamente. O meia D'Alessandro também retorna depois de cumprir suspensão automática.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.