Segundo colocado na Volta da França é acusado de doping

A Volta da França de 2006 está cada vez mais manchada pelo doping. Nesta quinta-feira, o diário francês Le Monde garantiu que o segundo colocado na classificação geral, o espanhol Oscar Pereiro, foi pego num exame pelo uso de salbutamol, substância encontrada em remédios contra asma. O primeiro colocado da prova, o norte-americano Floyd Landis, está sendo investigo pelo uso de anabolizantes. Por causa disso, a edição do ano passado não tem nenhum campeão. Entretanto, os próprios organizadores do evento haviam declarado que Pereiro seria proclamado campeão caso o doping de Landis fosse confirmado. Ainda segundo o jornal, Pereiro foi pego em dois exames, realizados na 14.ª e 16.ª etapa, disputadas no mês de julho. A União Ciclista Internacional (UCI) teria autorizado o espanhol a usar a substância. Porém, a Agência Francesa de Luta Contra o Doping (AFLD), responsável pelas análises, alega que a permissão não tem justificativa médica. A AFLD pediu que o ciclista apresentasse provas de que possui problemas de saúde que exigissem o tratamento com salbutamol. No entanto, a entidade não recebeu nenhuma justificativa. O caso será novamente analisado no próximo dia 25 de janeiro, onde será decidido se um processo administrativo será instaurado. A Federação Espanhola de Ciclismo alegou que ainda não foi notificada oficialmente sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.