Segurança tem reforço para o 1º grande teste

Cerca de mil policiais irão trabalhar durante toda a reunião da Fifa; plano de ação conta até com[br]táticas antiterroristas

Tiago Rogero / RIO,

27 de julho de 2011 | 01h29

Cerca de mil policiais estarão envolvidos diretamente no complexo esquema de segurança montado para o sorteio de grupos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, sábado, às 15 horas, na Marina da Glória, no Rio. Será o primeiro grande teste da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, que está sendo criada pelo Ministério da Justiça (MJ) para coordenar as ações envolvendo a Copa das Confederações, em 2013, a Copa e a Olimpíada de 2016.

A secretaria ainda precisa ser reconhecida por decreto, mas já possui boa parte da estrutura formada. Ela será chefiada pelo delegado da Polícia Federal, José Geraldo Botelho. Segundo o MJ, o plano de segurança para sábado contará com táticas antiterroristas e foi traçado em conjunto por Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), além de Secretaria Estadual de Segurança (Seseg) e Guarda Municipal.

Dois eventos são considerados prioritários: o banquete a ser oferecido pela Fifa na sexta-feira, no Píer Mauá, na zona portuária, e a cerimônia do sorteio. O Centro de Comando e Controle já foi instalado na Marina da Glória. Helicópteros e batedores da Polícia Rodoviária Federal farão a escolta das autoridades.

Ainda de acordo com o MJ, os grupos de operações especiais das Polícias Federal, Militar e Civil estão preparados para o emprego de contramedidas em casos de incidente QBRNE (químico, biológico, radiológico, nuclear e explosivo). O policiamento nas ruas será reforçado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.