Paulo Frank/CBV
Paulo Frank/CBV

Seis meses após volta, Larissa já é a melhor defensora na praia

Vetarana que reviu aposentadoria recebeu também troféu de destaque como levantadora da Federação Internacional de Vôlei

Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2015 | 16h21

Pouco mais de seis meses após abandonar a aposentadoria e voltar ao vôlei de praia, Larissa já retomou o posto que lhe pertencia entre as estrelas da modalidade. Nesta segunda-feira, a Federação Internacional de Vôlei de Praia (FIVB) anunciou sua lista de melhores da temporada 2014 e entregou dois troféus à veterana.

Com quatro títulos em seis torneios disputados, Larissa foi eleita a melhor jogadora de defesa pela terceira vez na carreira e retomou o posto de melhor levantadora, que ela ganha desde 2006. Só não tem na estante o prêmio de 2013 porque foi justamente a temporada em que ela iniciou sua aposentadoria, encerrada em julho passado.

"Estou muito feliz com esses prêmios. Não esperava, já que voltei a jogar quando a temporada já estava sendo encerrada. Mas os bons resultados que conquistei junto da Talita me ajudaram a receber essas premiações. Fico feliz por mim e pelo nosso time, que, mesmo recente, conseguiu se destacar em 2014", diz Larissa.

Sua atual parceira, Talita, venceu como melhor atacante. Depois de duas derrotas em oitavas de final de Grand Slam, elas estão invictas há 59 jogos, contando seis etapas do Circuito Brasileiro.

"Com certeza as conquistas das etapas sempre ajudam a ganhar esses prêmios individuais, mas isso só demonstra que no fundo é resultado do time. Conquistamos cada vitória juntas e isso é o mais importante. Ainda somos um time em formação e acredito que é exatamente essa vontade de ajudar uma à outra que nos trouxe tudo que conquistamos", aponta Talita.

O Brasil ainda teve Juliana ganhando o prêmio de esportista do ano e Juliana/Maria Elisa como time do ano, uma vez que foi a dupla que conquistou o título geral da temporada. Tanto Larissa/Talita quanto April Ross/Walsh, entretanto, tiveram aproveitamento maior, vencendo, cada dupla, 89% dos seus jogos. Juliana/Maria Elisa ganhou apenas 72% das partidas, mas ficou com o título porque suas rivais jogaram poucos torneios.

Três vezes medalhista de ouro olímpica, a norte-americana Kerri Walsh Jennings foi eleita pela terceira vez seguida a MVP da temporada, faturando também os prêmios de melhor bloqueio e melhor ataque.

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei de praiaLarissaRio 2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.