Seleção brasileira fracassa e permanece na segunda divisão do rúgbi sevens

A seleção brasileira masculina de rúgbi sevens fracassou na tentativa de garantir vaga na elite mundial da modalidade. O time verde-amarelo foi eliminado ainda na primeira fase do Hong Kong Sevens, que teve o Japão como campeão - o título garantia o acesso à elite.

Estadão Conteúdo

10 de abril de 2016 | 17h17

Na primeira divisão, Fiji faturou o título com uma vitória sobre a Nova Zelândia por 21 a 7 na decisão. Disputado de sexta a domingo, a segunda divisão do torneio reuniu 12 nações. Integrante do Grupo G, o Brasil perdeu os dois primeiros jogos e empatou o terceiro.

Na abertura da competição, o Japão soube neutralizar as principais jogadas do time brasileiro e venceu por 36 a 0. O segundo jogo, contra Tonga, chegou a estar equilibrado, mas o adversário deslanchou na parte final e venceu por 26 a 5.

Na última partida, o Brasil encarou Marrocos e empatou por 19 a 19. Alemão e os irmãos Daniel e Felipe Sancery anotaram os tries da seleção no duelo. A decisão do torneio aconteceu neste domingo no duelo entre Japão e Hong Kong. A seleção visitante levou a melhor e venceu por 24 a 14.

Apesar de seguir na segunda divisão da categoria, a seleção brasileira tem lugar assegurado nos Jogos Olímpicos do Rio, por ser país-sede. Será a estreia da modalidade no programa olímpico.

Tudo o que sabemos sobre:
rúgbi sevensBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.