Mowa Press/Divulgação
Mowa Press/Divulgação

Seleção brasileira sub-20 quer título para impressionar Mano Menezes

Brasil precisa bater Uruguai na madrugada de sábado para domingo para ser campeão do Sul-Americano

WAGNER VILARON, O Estado de S.Paulo

11 de fevereiro de 2011 | 00h00

AREQUIPA - Além das jogadas de bola parada, os atletas da seleção brasileira sub-20, que disputam o Sul-Americano no Peru, ensaiam também o discurso. E parece que o trabalho tem sido bem feito. Mesmo com nove dos dez dedos das mãos na vaga olímpica - o Brasil só não vai para Londres se, na última rodada, perder para o Uruguai e a Argentina vencer a Colômbia por goleada suficiente para tirar uma diferença de seis gols no saldo -, o grupo faz questão de enaltecer que não está satisfeito. Por trás desse comportamento, porém, existe uma figura importante: o técnico da seleção principal, Mano Menezes.

Nos seis dias em que se juntou à delegação e acompanhou de perto o trabalho desenvolvido pelo time no Peru, Mano fez questão de manter acesa a esperança dos jogadores de que o sucesso do grupo no Sul-Americano Sub-20 os deixaria mais perto dos Jogos Olímpicos.

"Sem dúvida é um sonho (ir para Londres). Por isso, agradeço a oportunidade e a liberdade que o nosso técnico tem me dado para jogar dessa forma, chegando mais à frente", afirmou o volante, autor do gol na apertada e suada vitória por 1 a 0 sobre o Equador, nas madrugada de quinta-feira. "Nós sabemos que a Olimpíada é disputada por uma categoria diferente. Mas sabemos também que um bom trabalho aqui na sub-20 pode facilitar nossa ida", afirmou o goleiro Gabriel, outro destaque do jogo. "Mas chegamos aqui com o objetivo de ser campeões. E é isso que esperamos: vencer o Uruguai e levar mais essa conquista para o Brasil."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.