Thais Magalhães/ CBF
Thais Magalhães/ CBF

Seleção de futsal inicia treinos no Parque Olímpico como preparação para Mundial da Lituânia

Brasil está no Grupo D e faz sua estreia em 13 de setembro, diante do Vietnã, em Klaipéda

Redação, Estadão Conteúdo

12 de agosto de 2021 | 11h02

A seleção brasileira de futsal encerrou o ciclo na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), nesta quarta-feira, e já está no Rio de Janeiro, onde inicia os trabalhos com bola em quadra no Parque Olímpico da Barra, na Arena Carioca, visando o Mundial, que será em setembro na Lituânia. A delegação utilizou toda a estrutura do Centro de Excelência do Futebol Brasileiro e a hotelaria do CT da CBF para realização de avaliações e exames médicos, testes físicos e atividades psicológicas nos últimos três dias.

O técnico da seleção, Marquinhos Xavier, fez um balanço do período na Granja Comary. "Além da importância dentro da preparação inicial, que são as avaliações, tudo que a gente necessita fazer como protocolo pro Mundial, foi o olhar do futsal para fora. As pessoas do futsal estando aqui dentro puderam transmitir um outro olhar. É a casa do futebol, a gente foi muito bem acolhido por todos, tivemos uma receptividade maravilhosa. Atletas e comissão, todos muito felizes por estarem aqui, porque é um grande passo, a gente precisa dessa estrutura, a gente precisa evoluir dentro do futsal, e a gente conseguiu transmitir para as milhares de pessoas quem estão nos acompanhando um olhar do futsal para toda esta estrutura", comentou, antes de projetar a preparação para o Mundial.

"Isso é muito legal porque além do sonho da conquista do Mundial, a gente também desperta o sonho nas pessoas. Em trabalhar, acreditar no seu propósito, nos seus sonhos individuais, de chegar até uma seleção brasileira. Acho que aqui a gente consegue trazer não só a realidade de estrutura, mas também fomentar o sonho das pessoas e desfrutar de todo este espaço aqui, o que foi muito bacana, por esses últimos três dias", prosseguiu.

A seleção vai treinar no Parque Olímpico até o próximo dia 25. Marquinhos Xavier não esconde a ansiedade do grupo pelo trabalho com bola. "Vamos ter a estrutura do Parque Olímpico, que também é muito boa, e também os atletas, mesmo estando totalmente confortáveis aqui, eles querem estar na quadra, treinando. Então a gente está contente por ter aproveitado, desfrutado ao máximo desse período aqui, mas muito feliz também de poder iniciar de fato a nossa preparação técnica, dentro da quadra, onde a gente está habituado a trabalhar. Tenho convicção que essa experiência aqui somada a experiência que teremos no Rio vai agregar muito. A gente já tem um sentimento diferente do que a gente tinha anteriormente e esse sentimento vai aumentar ainda mais a nossa motivação, a nossa entrega, para que a gente possa buscar mais um título Mundial pra seleção brasileira de futsal", acrescentou o técnico.

No próximo dia 28, a delegação embarca para a Polônia para realizar quatro amistosos. O Brasil enfrenta os donos da casa duas vezes, nos dias 2 e 4 de setembro, e encara a Sérvia também em duas oportunidades, nos dias 6 e 8. No dia seguinte, segue para a Lituânia para a disputa do Mundial. No Grupo D da competição, estreia diante do Vietnã, no dia 13.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.