Seleção de hóquei perde do Chile e se complica por vaga olímpica

A seleção brasileira de hóquei sobre grama se complicou na busca por uma vaga nos Jogos Olímpicos do Rio-2016. O Brasil fechou sua participação no Grupo B dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, neste sábado, com sua segunda derrota. Perdeu por 3 a 1 para o Chile, e deve terminar a fase de classificação no terceiro lugar.

Estadão Conteúdo

18 de julho de 2015 | 19h57

Após levar 9 a 1 do Canadá, na estreia, e vencer o México por 1 a 0, o Brasil ficou com apenas três pontos no Grupo B. Como os donos da casa têm tudo para vencer os mexicanos no último jogo do dia, vão chegar a nove pontos, em primeiro, com os chilenos em segundo, com seis.

Em terceiro, o Brasil enfrenta os Estados Unidos nas quartas de final - diferente das outras modalidades do Pan, no hóquei sobre grama todos os times avançam para a próxima fase. Os norte-americanos são a terceira ou quarta força do continente. Levaram 6 a 0 da Argentina (principal potência), empataram em 3 a 3 com Cuba e ganharam de 2 a 1 de Trinidad & Tobago.

A Federação Internacional de Hóquei (IHF, na sigla em inglês) determinou que o Brasil precisa ficar entre os seis melhores do Pan para fazer jus à vaga olímpica. Por isso, a seleção precisa ou avançar às semifinais ou vencer na primeira fase do Torneio de Consolação. Em se mantendo a lógica, enfrentará Trinidad & Tobago, que pega o Canadá nas quartas.

Em 2013, os dois times se enfrentaram na Copa Pan-Americana e Trinidad & Tobago venceu por 5 a 2. Os brasileiros, entretanto, passaram todo o primeiro semestre treinando na Europa e tendem a apresentar um resultado melhor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.