Divulgação/CBJ
Divulgação/CBJ

Seleção embarca para treino com 700 judocas na Áustria

Única atleta que não está entre os 42 que integram a equipe nacional é Eleudis Valentim (até 52 kg), que perdeu a seletiva

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2015 | 15h04

O ano pré-olímpico do judô brasileiro começa nesta terça-feira, quando 22 atletas escolhidos pela Confederação Brasileira de Judô embarcam para a Áustria, onde farão um estágio de 11 dias de treinamentos em Mittersill. Ali estarão reunidos cerca de 700 judocas, de 45 países, num enorme intercâmbio internacional.

"Este é um excelente evento para começarmos o ano. Vamos ter atletas muito fortes, medalhistas olímpicos e campeões mundiais, o que eleva o nível técnico do treinamento. Para os mais novos, será uma grande experiência", comenta Ney Wilson, gestor técnico de alto rendimento.

Na primeira atividade do ano para a seleção, a CBJ decidiu convocar uma atleta que não estão entre os 42 que compõem a seleção: Eleudis Valentim (52kg), que perdeu a seletiva realizada em dezembro. Ela é a única representante da categoria, que também tem as jovens Rafaela Barbosa e Jéssica Pereira, não convocadas.

A única novata, assim, é Danielle Karla Oliveira, que entrou na seleção ao vencer a seletiva até 63kg. "Na verdade minha ficha nem caiu ainda. Para mim, estou indo fazer mais uma viagem com a seleção júnior. Acho que a ficha só vai cair quando estiver lá treinando, no meio de tantos atletas consagrados", comentou a garota de 20 anos.

No masculino, o destaque é o retorno de Leandro Guilheiro, recuperado de uma lesão que o afastou dos tatames por quase dois anos. "Minha lesão no joelho aconteceu justamente num treino como esse, portanto, tenho que ir com cuidado. Pretendo usar as atividades para ganhar ritmo e continuar evoluindo tecnicamente", lembrou.

Os atletas brasileiros chamados para a primeira atividade do ano são Sarah Menezes (48kg), Nathália Brígida (48kg), Eleudis Valentim (52kg), Rafaela Silva (57kg), Ketleyn Quadros (57kg), Danielle Karla Oliveira (63kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg), Bárbara Timo (70kg), Rochele Nunes (+78kg), Felipe Kitadai (60kg), Eric Takabatake (60kg), Charles Chibana (66kg), Alex Pombo (73kg), Marcelo Contini (73kg), Victor Penalber (81kg), Leandro Guilheiro (81kg), Rafael Macedo (81kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (+100kg) e David Moura (+100kg).

Tudo o que sabemos sobre:
judôseleção brasileira de judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.