Divulgação/CBHb
Divulgação/CBHb

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Seleção feminina de handebol inicia com vitória testes para Mundial

Brasil supera a Macedônia por 32 a 19 pelo Troféu Carpati

Estadão Conteúdo

24 Novembro 2017 | 18h06

A seleção brasileira feminina de handebol começou bem o último teste antes do início do Mundial da Alemanha. Nesta sexta-feira, na estreia pelo Troféu Carpati, em Bucareste, na Romênia, o Brasil, agora comandado pelo técnico espanhol Jorge Dueñas, derrotou com facilidade a Macedônia por 32 a 19 (16 a 13 no primeiro tempo).

+ ‘Atletas precisam de experiência para ter confiança’, diz Dueñas

A atuação brasileira foi extremamente importante para os planos da equipe em busca de um bom resultado no Mundial, que começará no dia 2 de dezembro. Para Jorge Dueñas, foi uma grande oportunidade para testar a nova formação, que conta com 17 atletas no torneio, lembrando que apenas 16 seguem para a Alemanha.

"Esse foi nosso primeiro jogo de preparação para o Mundial nesta etapa. No primeiro tempo, nos custou ajustar bem a defesa. No ataque, jogamos bem no geral. Fizemos um bom trabalho coletivo. Na segunda parte, conseguimos melhorar nosso rendimento defensivo, com boa atuação da goleira Mayssa. Conseguimos levar o placar com tranquilidade e jogar com todas as atletas por vários minutos. Saímos com a sensação de poder ter ajustado melhor a defesa", analisou o treinador.

Neste sábado, o Brasil dá sequência à disputa do torneio contra a Polônia. O confronto está marcado para as 10 horas (de Brasília). Já no domingo, as brasileiras encerram a competição contra a Romênia, às 12h30.

Jorge Dueñas lembra que o próximo confronto irá exigir bastante da equipe. "Amanhã (sábado) temos um jogo muito mais difícil com a Polônia e esperamos melhorar nosso nível tanto de ataque como de defesa".

No Mundial, a principal competição do ano, as campeãs mundiais de 2013 fazem parte do Grupo C, com sede em Oldenburg na etapa classificatória. Juntamente com o Brasil também estão na chave Dinamarca, Rússia, Montenegro, Japão e Tunísia. A equipe nacional fará a estreia contra o Japão no dia 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.