Seleção feminina de handebol perde amistoso na Suécia

"A Suécia apresentou bons contra-ataques e nós erramos muito nas finalizações", analisa o técnico dinamarquês Morten Soubak

Estadão Conteúdo

02 de dezembro de 2014 | 22h05

Após a conquista do título do Torneio Internacional da Espanha, no último domingo, a seleção brasileira feminina de handebol viajou para a Suécia para a disputa de dois amistosos contra a equipe dona da casa. Nesta terça-feira, no primeiro deles, na cidade de Gotemburgo, derrota por 35 a 27 (18 a 10 no primeiro tempo).

"A Suécia apresentou bons contra-ataques e nós erramos muito nas finalizações. Elas acabaram abrindo uma boa vantagem no placar e não conseguimos reverter", analisou o técnico da seleção brasileira, o dinamarquês Morten Soubak. "Vamos trabalhar para que o próximo jogo seja melhor para nós", completou o treinador. Brasileiras e suecas fazem mais uma partida nesta quinta, às 16h15 (de Brasília).

Do grupo de 21 atletas convocadas para jogar na Espanha, quatro não seguiram para a Suécia: a goleira Jéssica Silva de Oliveira e a armadora Amanda de Andrade, ambas do Supergasbrás/UNC/Concórdia (SC), e a ponta Célia Costa, da Metodista/São Bernardo (SP), que voltaram ao Brasil para a disputa da Liga Nacional. A armadora Eduarda Amorim, que sofreu uma lesão no joelho na última semana, também não seguiu. Já a armadora Karoline de Souza está na Suécia, mas em recuperação de uma lesão.

O objetivo com esta fase de treinamentos e jogos amistosos é a preparação para os compromissos mais importantes deste ciclo olímpico, que são os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, o Mundial da Dinamarca, ambos em 2015, e os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
handebolBrasilSuécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.