Seleção feminina de handebol perde da Alemanha e fecha torneio amistoso em 4º

A seleção brasileira feminina de handebol foi derrotada pela Alemanha por 24 a 18, neste domingo, em Langhus, na Noruega, e fechou em quarto e último lugar a sua participação no Torneio Quatro Nações, competição amistosa que já serve como preparação para os Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

20 de março de 2016 | 22h02

Campeã mundial em 2013, a equipe nacional anteriormente havia sido derrotada pela Espanha por 23 a 22, na última quinta-feira, e depois pela Noruega, por 32 a 26, no último sábado. Mas, apesar de a seleção ter acumulado três derrotas em três jogos na competição amistosa, o técnico Morten Soubak minimizou a importância dos resultados, até pelo fato de que este foi o primeiro encontro do grupo completo do Brasil desde dezembro de 2015, quando disputou o Mundial da Dinamarca.

"Estou muito contente com a fase de treinamentos, trabalhamos muito bem e conseguimos implementar algumas coisas que pensamos levar para a Olimpíada. Não estou satisfeito com os jogos. Hoje estava muito claro que a equipe estava cansada por conta dos treinos e jogos consecutivos. Mesmo assim conseguimos voltar focadas e vencer o segundo tempo", ressaltou o treinador dinamarquês, que ainda lembrou do confronto parelho que a equipe nacional traçou com as compatriotas do comandante do Brasil.

"O jogo diante da Noruega foi muito bom, muito disputado, mas a defesa, que geralmente é nosso ponto forte, não funcionou do jeito que queríamos. Como o técnico norueguês falou para mim, realmente foi por pouco que não ganhamos. Mais sorte nos minutos finais e o resultado poderia ter sido diferente. Estamos cientes de que há coisas para trabalhar e melhorar", completou.

Com quatro gols marcados neste domingo, a ponta-esquerda Samira Rocha foi considerada a melhor jogadora brasileira em quadra diante das alemãs. Terminada esta competição amistosa e um período de treinos que a equipe realizou em Viena, o Brasil voltará a se reunir para um nova fase de preparação no final de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.