Abelardo Mendes Jr./rededoesporte.gov.br
Abelardo Mendes Jr./rededoesporte.gov.br

Seleção feminina de handebol supera Cuba na estreia no Pan de Lima

Favoritas ao ouro em Lima, brasileiras derrotaram cubanas por 29 a 20 sem maiores problemas após início de jogo conturbado

Redação, Estadão Conteúdo

25 de julho de 2019 | 01h00

Dois dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos, a seleção brasileira feminina de handebol entrou em ação para a sua estreia em Lima e derrotou Cuba por 29 a 20, nesta quarta-feira, iniciando com triunfo a busca pelo título que vale vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

A seleção feminina do Brasil é favorita ao ouro no handebol, tanto que não perde uma partida no Pan desde 1995, sendo a atual pentacampeã do torneio. E agora vai buscar ampliar essa série invicta nesta quinta-feira, quando terá pela frente o Canadá, a partir das 22h30 (horário de Brasília). Depois, no sábado, em seu último jogo no Grupo A, terá pela frente Porto Rico, às 20 horas.

Apesar da vitória desta quarta-feira ter sido por um placar folgado, o início do duelo não foi fácil para o Brasil, que chegou a estar perdendo por 2 a 0 e depois por 5 a 3. Mas a seleção conseguiu reagir ainda no primeiro tempo, virando para 7 a 6, assumindo a dianteira do placar. E foi ao intervalo com confortáveis 14 a 9.

Esse domínio se repetiu no segundo tempo, a ponto de o técnico Jorge Dueñas ter dado descanso a algumas titulares nos minutos finais. Nada, porém, que impedisse o confortável triunfo, ainda que com um susto no começo, por 29 a 20. Onze das 12 jogadoras de linha do Brasil fizeram gols, com destaque para Bruna de Paula, que marcou seis vezes.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.